Gastronomia

A gastronomia da Freguesia de São Silvestre é rica e diversificada, dado que utiliza na sua confecção os variados produtos da sua economia local. onde os pratos suculentos e apaladados marcam a gastronomia típica da freguesia e estimulam o apetite a qualquer visitante. Por isso, quem por aqui passa não pode deixar de apreciar os famosos e tão característicos roubacos fritos, enguias do rio assim como as Papas de farinha de milho ou a torta de milho com sardinha. Para acompanhar recomenda-se o bom vinho da região e a tradicional broa de milho da terra.
 
PRATOS TIPICOS: São iguarias da região, Papas de Abóbora Menina com Farinha de Milho e Broa de Milho.
 
VINHO DA REGIÃO: São néctares da região, os Vinhos Maduros.
 
DOCES REGIONAIS: É costume muito antigo, em São Silvestre, pelos Santos e pelo Natal, a confecção de broas doce, cujos ingredientes se esgotam nas mercearias da região.
Broa Doces: Coze-se uma abóbora menina e escorre-se em seguida. Peneira-se a farinha de Minho (2kg) que, depois, é escaldada com a massa da abóbora. Em seguida, amassa-se tudo com a farinha de trigo (2kg), açúcar (1kg) e fermento (100g). No final, quando tudo estiver bem envolvido, juntam-se frutas da época (nozes, pinhões, passa e figos), canela e erva doce. Deixa-se levedar durante 3 horas e, passado esse tempo, são tendidas num tigelão e cozidas em forno de lenha bem quente.
 
Broa de Batata: Inicialmente coze-se 1 kg de abóbora e 1 kg de batatas, que, depois de cozidas, são passadas pelo passevite. Amassa-se tudo e acrescenta-se farinha de trigo (1kg), açúcar (1kg), ovos (4), frutas da época e um pouco de fermento. Sem necessitar de levedar, são cozidas em forno de lenha ou eléctrico, em tabuleiro untados e polvilhados de farinha.